A Gestão e o Gestor de Pessoas

O gerenciamento de pessoas é um conjunto de técnicas para o desenvolvimento de membros de uma organização, com ele é possível conciliar os objetivos (membros e empresa).

É importante ressaltar que o gerenciamento de pessoas necessita de um gestor de pessoas, que é aquele que treinará e incentivará todos os colaboradores a alcançarem as metas da empresa. Sem ele, haverá falhas na comunicação interna, colaboradores desmotivados e mais conflitos internos. Resumidamente, o gestor de pessoas será aquele que garantirá o bem-estar do clima organizacional e será a ponte entre o nível operacional e o nível estratégico.

Ferramentas para a manutenção do gerenciamento de pessoas

Tendo em mente isso tudo, a gestão de pessoas necessita métodos para que funcione, sendo eles: 

1- PLANO DE CARGOS E FUNÇÕES:

Com o plano de cargos e funções é possível deixar claras as diferenças e a inter-relação entre os cargos e explicar detalhadamente a representatividade de cada uma, além de fornecer o perfil da pessoa necessária para ocupar o cargo. 

Este plano é feito a partir de estudos e determinação dos requisitos de qualificação, as responsabilidades envolvidas e as condições exigidas pelo cargo para seu desempenho adequado.

Com isso, torna-se mais fácil a identificação de futuras melhorias na estrutura da empresa, assim como adequá-las a cada caso.

2- AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO:

A avaliação de desempenho é uma ferramenta que avalia o colaborador individualmente e de maneira grupal, promovendo o crescimento pessoal e profissional, baseado na mensuração do desempenho do colaborador de acordo com suas atividades, funções e resultados. Também fornece informações para ajuste salarial, bonificações, promoções, demissões, treinamentos e planejamento de carreira.

Com essa ferramenta, é possível julgamento sistemático para questões ligadas a GP, sugere quais necessidades de mudança no comportamento, atitudes, habilidades e conhecimentos que o funcionário deve ter, assegurar desempenho individual e da equipe para que produzam resultados esperados e reconhecer contribuições dos empregados.

3- PESQUISA DE CLIMA ORGANIZACIONAL:

O clima organizacional trata-se da qualidade do ambiente, como é entendida pelos funcionários e como ela impacta no comportamento destes, funcionando como indicador da satisfação dos membros da empresa.

A partir da pesquisa é possível ter insumos concretos para o direcionamento com maior assertividade para soluções de problemas encontrados. As informações devem ser baseadas em questionários ou entrevistas, com perguntas enxutas, claras e diretas, sobre a satisfação dos funcionários a respeito dos mais variados aspectos da empresa.

Um bom clima organizacional garante a satisfação dos colaboradores no ambiente de trabalho e, indiretamente, influencia no bom desempenho dos funcionários e, consequentemente, da empresa como um todo.

Considerações finais para o gerenciamento de pessoas:

Por fim, vale reforçar a importância do gerenciamento de pessoas e como ele é importante para o crescimento da sua empresa, pois apenas a partir dele é possível o desenvolvimento e a capacitação dos colaboradores, mostrando que quem não investe nesses profissionais dificilmente consegue resultados satisfatórios na organização.

Caso queira saber mais a fundo sobre gerenciamento de pessoas, passando detalhadamente pelos processos e ferramentas que englobam esse assunto, baixe nosso e-Book, “Gestão de pessoas: Metodologias e Aplicabilidade” e entenda sobre como melhorar sua empresa em todos os aspectos.

6 Pilares que Todas as Empresas de Sucesso Têm em Comum

As 3 Melhores Dicas Para Otimizar Processos Internos de Sua Empresa

Metodologias Úteis Para Manter um Bom Clima Organizacional Dentro da Sua Empresa