Clima Organizacional: O Que É e Como Mantê-lo Saudável

Tempo de leitura: 5 minutos

É possível que todas as empresas já tenham passado pelo seguinte problema dentro de uma empresa:

·         Tensão entre colaboradores.

·         Baixa produtividade.

·         Uma sensação geral de que os esforços não são reconhecidos.

Esses e outros fatores tornam a vivencia mais pesada dentro de uma companhia. Além disso, pode surgir uma sensação de desmotivação geral, e a perda do foco pelos objetivos da empresa.

Deste modo, se estes e outros problemas acontecem dentro da sua empresa, é possível que você tenha um problema com o clima organizacional.

Continue a leitura para entender porque isso acontece, como pode afetar os resultados da sua empresa e mais importante ainda, existe alguma solução?

Descubra com a gente o que é o clima organizacional e como poderá resgatá-lo de suas dificuldades ligadas ao tema de gestão de pessoas.

O que é clima organizacional

O conceito de clima organizacional consiste em um indicador de satisfação dos colaboradores e membros gerais de uma empresa, em relação a diferentes aspectos que compõem a sua cultura organizacional, principalmente, as que afetam diretamente a qualidade do seu ambiente de trabalho.

Esse termo vem ganhando cada vez mais visibilidade dentro de empresas, que buscam entender como o conceito de clima organizacional e o ambiente de trabalho pode afetar significativamente o desempenho dos colaboradores.

Determinar o que é clima organizacional não é uma tarefa tão simples, pois se trata de algo subjetivo. Cada empresa possui um clima organizacional diferente, cada empresa tem uma visão estratégica diferente, a missão, visão e valores são diferentes, e eles percebido de formas distintas por cada colaborador. Isso porque possuem:

  •         Perspectivas distintas.
  •         Aspirações e expectativas individuais.

Por isso, ferramentas como pesquisas de clima organizacional são aplicadas para fazer um levantamento e identificar as principais características que definem essa atmosfera.

Exemplos de clima organizacional

Empresas como o Google e o Facebook são exemplos de clima organizacional. Seguindo suas respectivas culturas, as empresas criaram:

·         Ambientes mais agradáveis.

·         Ofereceram espaços alternativos de descanso e lazer.

·         Disponibilizaram horários flexíveis de trabalho.

·         Disponibilizaram autonomia e mais liberdade.

É claro que a solução não é tão simples. Não basta colorir o ambiente e colocar uma música relaxante no fundo. Para melhorar o clima organizacional, deve-se implementar diversas estratégias, entre elas a já mencionada pesquisa de clima organizacional.

Atualmente, as empresas que não estão trabalhando o conceito de clima organizacional já sofrem desvantagens competitivas, e, em longo prazo, a sustentabilidade da empresa pode ser comprometida.

Quais são os tipos de clima organizacional?

A seguir, você conhecerá os mais populares tipos de clima organizacional. Eles servem como termômetros para entender a percepção dos colaboradores a respeito da empresa enquanto ambiente de convivência com superiores e pares:

·         Clima organizacional bom: o ambiente da empresa é agradável e propício para atrair e reter novos talentos.

·         Médio: reflete uma empresa que passa por uma crise e que não consegue estabelecer uma relação de transparência com seu time de colaboradores. Por isso, conta com funcionários desmotivados e desengajados que podem contagiar outros colaboradores.

·         Ruim: empresa com ambiente nocivo, não exercitar valores como o diálogo aberto e a transparência. Enfrenta altos índices de turnover (rotatividade de pessoal) e pouca retenção de talentos.

O que pode gerar um clima organizacional ruim?

São diversas as consequências que podem afetar sua empresa quando os funcionários percebem o clima da organização como desfavorável:

  •         Perda de talentos, insatisfeitos com a empresa.
  •         Queda na produtividade.
  •         Incremento da rotatividade com consequente aumento de gastos de contratação, treinamento e outros.
  •         Motivação em baixa e falta de engajamento nos projetos e objetivos da empresa.
  •         Alto índice de desperdício de materiais.
  •         Queda na frequência ao trabalho e aumento de atrasos.
  •         Maior número de pedidos de licença médica por problemas de saúde.
  •         Aumento de perdas na produção.
  •         Diminui a criatividade e a busca de soluções inovadoras.
  •         Incremento de desvios e apropriações indevidas.
  •         Falta de compromisso.

A partir do anterior, é possível observar os diferentes prejuízos que uma empresa sofre por não cuidar adequadamente do clima organizacional. Sendo assim, é preciso estar atento e buscar soluções, antes que um clima ruim se instale em sua empresa

O que é pesquisa de clima organizacional?

Trata-se de uma ferramenta valiosa para a gestão de clima organizacional, a qual permite:

  •         Fazer uma análise interna e externa da organização.
  •         Medir o estado de satisfação dos colaboradores.
  •         Analisar em quais condições o rendimento influenciará a produtividade final.

Conhecendo tais características, a pesquisa é capaz de traçar com inteligência ações que visem a máxima performance da força de trabalho da empresa, oferecendo condições para a melhoria contínua dos resultados.

Objetivo da pesquisa de clima organizacional

Sem dúvidas, o objetivo máximo da pesquisa de clima organizacional é estreitar relações com o colaborador. Desta forma, proporcionar de forma clara oportunidades de desenvolvimento ou reparações que levem a um ambiente de trabalho adequado e saudável.

Entre os principais objetivos da pesquisa está:

  •         Se a empresa é vista como um local bom para trabalhar na opinião dos funcionários.
  •         Quais são os fatores que levam os colaboradores a se sentirem motivados ou desmotivados.
  •         A opinião dos colaboradores sobre práticas de gestão de pessoas na empresa.
  •         Se todos conhecem e compartilham a missão, visão e valores da empresa.
  •         Se os gestores são capacitados para as suas funções.
  •         Se há equilíbrio entre vida pessoal e profissional.
  •         Como ocorrem os relacionamentos dentro da empresa.
  •         Como está a comunicação interna da empresa.

Quais problemas a pesquisa organizacional evita?

Uma pesquisa de clima bem aplicada pode identificar uma série de reações adversas, consequentes de um clima organizacional ruim, como:

  • perda de talentos;
  • aumento do turnover;
  • queda no engajamento e, consequentemente, da produtividade;
  • alto índice de desperdício de materiais;
  • queda na frequência ao trabalho e aumento de atrasos;
  • queda da criatividade e, consequentemente, de soluções inovadoras;
  • aumento de fofocas e mal-entendimentos.

Com esse conhecimento em mãos o RH é capaz de prevenir que essas reações aconteçam e prejudiquem a organização como um todo.

Vale ressaltar a importância de contar com uma equipe de departamento pessoal e RH capacitados para realizar uma pesquisa de alto padrão, qualidade e assertividade.

Quais os benefícios de aplicar o conceito de clima organizacional?

Pense que, um trabalhador feliz trará mais e melhores resultados que um empregado insatisfeito, e agora pensando a grande escala, se a sua empresa tem 20 colaboradores, e, 10 deles estão insatisfeitos, isso significa que sua companhia estará funcionando a 50% da sua capacidade.

Também, outros fatores poderão melhorar na sua empresa, veja alguns dos principais pontos de melhora quando aplicado o conceito de clima organizacional com sucesso:

  •         Comunicação

A comunicação é o pilar do relacionamento, por isso é o principal agente transformador do clima organizacional. Com uma comunicação interna limpa, objetiva e saudável, as ações corporativas são realizadas de maneira mais rápida e compreensível.

  •         Feedback

Um clima organizacional saudável valoriza a força de trabalho da empresa, por isso os feedbacks são essenciais. Quanto mais o líder participar dos processos, for transparente, conhecer de perto sua equipe e motivá-los à excelência, mais o funcionário desenvolverá o sentimento de pertencimento, respeito e confiança.