Como a Metodologia Scrum Pode Otimizar os Processos de Sua Empresa

Gerenciar projetos com mais de uma equipe de maneira eficiente e com desperdício mínimo de recursos e tempo é um desafio e tanto. Sem uma metodologia ágil e assertiva, o Scrum foi desenvolvido para impedir que os processos se tornem lentos e imprevisíveis, gerando produtos que raramente condizem com o planejamento e com as expectativas dos clientes.

O termo “Scrum” foi adaptado do rugby, e se refere à maneira como um time trabalha junto para avançar com a bola no campo.  Assim, ele consiste em um método que permite que o trabalho seja realizado a partir da divisão de ciclos de atividades, promovendo organização, colaboração e flexibilidade.

Ao ler nosso post, você conseguirá entender como o Scrum pode ajudar a transformar o gerenciamento e a produtividade da sua empresa!

3

O que é Scrum

Elaborado por Jeff Sutherland e Ken Schwaber, o Scrum é uma estrutura ágil de gestão de projetos usado para desenvolver, entregar e manter produtos complexos. Acolhendo a criatividade e a incerteza, essa metodologia desenvolve equipes preparadas, engajadas e alinhadas com os objetivos da empresa e do projeto.

Assim, o Scrum propõe aprendizagem e avaliações rigo rosas, aproveitando a maneira como as equipes realmente executam o trabalho e de que forma o fazem, oferecendo ferramentas para se organizarem e aprimorarem o trabalho.

Nesse processo, a base consiste em uma ideia simples: durante o projeto, é importante fazer paradas para verificar se o que está sendo realizado está seguindo o planejamento e promover possíveis planos de melhoria.

Estrutura, Funcionamento, e Artefatos do Scrum

Como abordado anteriormente, o Scrum é uma ferramenta facilitadora para desenvolver, entregar e manter produtos complexos. Deste modo, é necessária a definição de papéis, que são as funções dentro da estrutura do Scrum (para os papéis de maiores complexidades existem cursos que emitem certificados, disponíveis em scrum.org), a elaboração de etapas e a utilização de artefatos específicos da metodologia:

Papéis

  • Scrum Master
    Pessoa que tem o compromisso com os valores e práticas do Scrum, mestre dessa estrutura, que garante que ela seja seguida, mas também deve manter a flexibilidade e a abertura para oportunidades de melhorar o fluxo de trabalho da equipe.
  • Product Owner
    Atua como um representante do cliente, responsável pela gestão de produtos em qualquer área de uma empresa. Com uma ampla gama de recursos, sua função envolve desde a manutenção da estratégia de negócios ao design do produto. 
  • Equipe
    Membros responsáveis pelo andamento dos processos.

Etapas

  • Sprint
    Pilar principal da metodologia Scrum, é período curto, relativo ao tamanho do projeto, e fixo em que a equipe trabalha para concluir uma quantidade definida de trabalho.
  • Planejamento da sprint
    Como o nome já apresenta, este é o momento em que a equipe responderá duas perguntas: o que pode ser feito nessa sprint e como será feito.
  • Revisão da sprint
    Momento de oferecer Feedbacks da Sprint, que são revisões e discussões do desempenho.
  • Retrospectiva da sprint
    Oportunidade para as equipes identificarem o que pode ser melhorado para a próxima sprint.

Artefatos Scrum

Primeiramente, é importante esclarecer o que são os artefatos Scrum. Popularmente, artefatos são produtos derivados de trabalho mecânico, porém, dentro da metodologia Scrum, são informações essenciais durante o desenvolvimento de um produto. Portanto, estes são informações que as equipes e as partes interessadas usam para detalhar o produto que está sendo desenvolvido, as ações para a produção dele e as ações realizadas durante o projeto.

  • Backlog do produto
    Lista de recursos novos, aprimoramentos, atualizações de segurança, tarefas ou requisitos de trabalho necessários, compilados a partir de fontes de informações como suporte ao cliente, análise da concorrência, demandas de mercado e análise geral de negócios.
  • Incremento do produto
    Materiais de entrega do cliente que foram produzidos nas tarefas do backlog do produto durante a sprint. Sempre há uma melhoria para cada sprint, e os aperfeiçoamentos são decididos durante a fase de planejamento do Scrum.
  • Backlog da Sprint
    Conjunto de tarefas de backlog do produto que foram promovidas a serem desenvolvidas durante o próximo incremento do produto, e criados pelas equipes de desenvolvimento para planejar materiais a serem entregues para incrementos futuros, além de detalhar o trabalho necessário para criar o incremento.
2

Por que utilizar o Scrum na sua empresa

Muitas vezes, as empresas sofrem mudanças, seja por causa do ambiente interno ou externo, como fatores econômicos ou doenças virais como o atual Coronavírus. Assim, o Scrum oferece três benefícios principais:

  • Flexibilidade
    Como na estrutura do Scrum é prevista uma série de reuniões e revisões, se torna mais fácil reorganizar e rever prazos de processos, uma vez que o planejamento inicial nem sempre corresponde com as dificuldades práticas na execução do projeto.
  • Organização
    Com o Scrum, as etapas do projeto ficam claras e visualmente ordenadas, facilitando a compreensão do colaborador com cada parte do projeto e os processos que fazem parte dele.
  • Colaboração
    A equipe está diretamente ligada com as decisões que dão o rumo do projeto e passam de processo em processo como equipe, buscando a otimização do trabalho. Além disso, com um maior engajamento, os colaboradores tendem a entender não somente sua função, como a de outros membros do time e, assim, podem ajudar em outras áreas do processo.
1

Quando é conveniente utilizar o Scrum

Como marco ágil, o Scrum é uma ferramenta de processos altamente flexível, e pode ser adaptável para afrontar qualquer requerimento de projetos de diversas naturezas. É mais adequado para projetos que podem ser divididos e separados em pequenos processos e etapas, baseado nas prioridades do negócio.

Principalmente, é recomendável usá-lo quando as empresas não possuem conhecimento de todos os processos e tarefas que devem ser feitas, e, que podem ser adaptadas às futuras necessidades da empresa através do Scrum. 

Em projetos com risco de mudanças durante o processo, a metodologia Scrum executa o projeto em fases curtas – podendo ser em dias, semanas ou meses -, e permite a flexibilidade na hora de acontecer mudanças na metade do projeto, já que, em cada fase, tarefas e objetivos são replantados depois que a anterior foi finalizada.

Por fim, com o Scrum, é sempre importante estar buscando maneiras de melhorar e otimizar os processos. Dessa forma, sua empresa estará em constante melhoria e buscando o topo do mercado. Se quiser conhecer mais maneiras de organizar e planejar sua empresa, acesse nossos outros conteúdos.

Fluxograma de processo: salvando sua empresa

Como a ADECON potencializou o processo produtivo de uma confecção